Notícia

Como modificar o carro dentro da Lei e não se incomodar numa Blitz

Veja neste artigo como modificar o carro dentro da Lei

Atualmente muitas informações estão sendo compartilhadas incorretamente.

É importante saber, por exemplo, como modificar o carro dentro da lei vigente no nosso País, pois fazendo alterações não regulamentadas e não observando os procedimentos legais, você estará botando seu dinheiro fora e, além disso, poderá receber multas e ter o veículo apreendido.

É importante também investir em peças certificadas e autorizadas pelos órgãos reguladores.

Das multas nós podemos recorrer, todavia o mais importante a ser observado é a segurança em relação ao veículo.

Como modificar o carro dentro da Lei e economizar dinheiro

Se você quer economizar dinheiro modificando seu carro deve saber o que pode e o que não pode pela legislação brasileira, para não correr o risco de ter o carro apreendido, pagar multas ou sofrer os transtornos por estar à margem da lei.

É possível modificar o carro dentro da lei, mas algumas mudanças exigem um processo burocrático, porém necessário, sob o risco de serem as modificações negadas e punindo o proprietário.

Primeiramente, informe-se se pode efetuar a pretendida modificação. Se tiver dúvidas entre em contato conosco, faremos o possível para ajudar.

O segundo passo é ir até o Detran e fazer a solicitação para autorização de alteração, será necessário pagar uma taxa e apresentar o veículo e todos os documentos.

O próximo passo é, após ser autorizado, procurar um mecânico de confiança e fazer as alterações. Depois será necessário apresentar o carro a uma oficina credenciada pelo INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) para ser submetido a inspeção e aprovado.

Tendo sido aprovado, por fim é necessário retornar ao Detran, para ter o CSV (Certificado de Segurança Veicular), que será um registro nas observações do CRV (Certificado de Registro do Veículo) e do CRLV (Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos.

1 – Verificar a viabilidade das modificações

2 – Solicitar no Detran autorização para alteração

3 – Autorizado, ir ao mecânico e fazer a modificação

4 – Submeter o carro a vistoria

5 – Aprovado, ir ao Detran pegar o registro CSV

Insulfilm – Películas Automotivas permitidas

As porcentagens mínimas de luminosidade segundo a  RESOLUÇÃO N.º 254 , DE 26 DE OUTUBRO DE 2007 do CONTRAN:

“Art. 3º A transmissão luminosa não poderá ser inferior a 75% para os vidros incolores dos pára-brisas e 70% para os pára-brisas coloridos e demais vidros indispensáveis à dirigibilidade do veículo.

§ 1º Ficam excluídos dos limites fixados no caput deste artigo os vidros que não interferem nas áreas envidraçadas indispensáveis à dirigibilidade do veículo. Para estes vidros, a transparência não poderá ser inferior a 28%.”

Infração de trânsito: Artigo 230, XVI CTB.

“Conduzir o veículo com vidros total ou parcialmente cobertos por películas refletivas ou não, painéis decorativos ou pinturas”

Valor da multa R$195,23 – Multa Grave, 5 pontos na carteira de motorista – Medida Administrativa: retenção do veículo para regularização.

Lâmpadas / Faróis

O uso do Xenon é proibido desde 7 de junho de 2011 pela Resolução do Contran 384.

A maior parte das dúvidas está em relação as lâmpadas de Led, as quais não possuem nenhuma resolução específica.

Porém quando alteram as características do veículo é necessário submeter o veículo a inspeção veicular e será necessário ter o CSV (Certificado de Segurança Veicular)

Suspensão e altura mínima

Mudaram as regras para suspensão, agora está liberada a alteração com suspensão fixa e a regulável.

Esta nova liberação do Denatran, legaliza rebaixar o carro dentro de alguns limites estabelecidos.

A restrição colocada é para uma altura mínima do chão de 10 centímetros, que será medida do ponto mais baixo do veículo.

Alteração de Cor do veículo

RESOLUÇÃO Nº 292, DE 29 DE AGOSTO DE 2008

Art. 14 Serão consideradas alterações de cor aquelas realizadas através de pintura ou adesivagem em área superior a 50% do veículo, excluídas as áreas envidraçadas.

Art. 3º As modificações em veículos devem ser precedidas de autorização da autoridade responsável pelo registro e licenciamento.

Conclusão

Conhecer as leis e as regras é fundamental, principalmente quando vamos fazer investimentos em modificações no veículo, pois envolve dinheiro, tempo e segurança.

17/07/2017

ver todas Noticias

Como modificar o carro dentro da Lei e não se incomodar numa Blitz